Aumente a expectativa de vida

Nos últimos anos, a expectativa de vida vem diminuindo em todo o mundo. No entanto, em algumas regiões chamadas zonas azuis, as pessoas desfrutam de uma expectativa de vida muito maior. Neste artigo, falaremos sobre os caminhos da longevidade e os hábitos dos moradores das zonas azuis. A idéia é conhecer o tipo de estilo de vida que eles seguem para promover a longevidade. Vamos direto ao ponto.

Os caminhos da longevidade

As vias de longevidade referem-se a AMPK, NF-kb, Sirtuins e mTOR. Esses são tipos de caminhos que desempenham um papel no processo de envelhecimento. Quando ativados, o AMPK e o Sirtuins tendem a desacelerar o processo de envelhecimento, enquanto os outros dois reduzem os sintomas relacionados à idade.

O que são as zonas azuis?

Nas zonas azuis, a maioria das pessoas atinge facilmente as idades de 90 e 100 anos. Segundo um artigo da National Geographic, as Zonas Azuis incluem 5 regiões diferentes. Eles incluem Icaria na Grécia, Ogliastra na Itália, Okinawa no Japão, Península de Nicoya na Costa Rica e Loma Linda na Califórnia.

O que esses moradores dessas regiões têm em comum?

Abaixo está a descrição de algumas das características comuns dos moradores dessas zonas especiais.

Alimentos vegetais inteiros

As pessoas das zonas azuis comem uma dieta que inclui grãos integrais, legumes, legumes e frutas.

Peixe em vez de carne vermelha

Eles comem peixe em vez de carne vermelha para atender às suas necessidades de ingestão de proteínas. A carne vermelha causa inflamação que pode aumentar o risco de desenvolver doenças cardíacas, depressão e câncer.

Jejum e ingestão calórica reduzida

As pessoas nas zonas azuis observam rapidamente e reduzem sua ingestão calórica. De acordo com estudos de pesquisa, a ingestão calórica reduzida pode ajudá-lo a ter uma expectativa de vida significativamente maior. Na verdade, a restrição calórica pode inibir a mTOR e desencadear as sirtuínas. Esses dois são os principais caminhos da longevidade.

Consumo moderado de vinho xtrasize reclamações

Nas zonas azuis, alguns moradores desfrutam de um a dois copos de vinho tinto por dia. Como o vinho tinto contém antioxidantes, ele pode evitar danos ao DNA. Portanto, esse é outro motivo pelo qual essas pessoas desfrutam de longevidade.

Segundo a pesquisa, o consumo moderado de álcool ajuda a prevenir o estresse oxidativo que pode ter um impacto negativo no funcionamento das sirtuínas.

Outros fatores que ajudam a aumentar a expectativa de vida

Agora, vamos falar sobre alguns outros hábitos comuns das pessoas das zonas azuis que podem ajudá-lo a ter uma vida útil mais longa.

Sono suficiente

Essas pessoas tiram sonecas diurnas e dormem o suficiente durante a noite.

Exercício diário

Eles têm um estilo de vida ativo. Por exemplo, eles participam de atividades físicas como cozinhar, jardinar e caminhar. Algumas pessoas andam em fazendas, o que também é um bom exercício.

Espiritualidade

Muitos dos moradores seguem hábitos religiosos e espirituais. Muitos estudos descobriram que as pessoas religiosas têm um risco menor de morte.

Propósito de vida

As pessoas dessas zonas levam vidas intencionais. A maioria das pessoas com mais de 90 anos ainda trabalha e cuida de seus netos.

Não fumante

Os residentes das zonas azuis ficam longe de fumar, pois o tabagismo pode levar 10 anos para sua vida.

Compromisso social

A maioria das pessoas nessas regiões é social. Eles mantêm contato com seus amigos e vizinhos. Suas interações sociais são positivas, o que os incentiva a seguir bons hábitos. Tudo isso os ajuda a viver uma vida mais longa.

Suplementos que podem ajudá-lo a ter uma vida mais longa e saudável

Muitos produtos como o NMN podem aumentar seus níveis de NAD + que acionam os Sirtuins. Portanto, tomar esses suplementos pode ajudá-lo a combater o processo de envelhecimento e aumentar sua expectativa de vida.